segunda-feira, 10 de abril de 2017

PÁSCOA COM A DIETA DO PEIXE - PERCA ATÉ 10KG



segunda-feira, 27 de março de 2017

CORRA DO SOBREPESO



Não só do sobrepeso, mas também de outros problemas como as doenças cardíacas, da fadiga, da osteoporose e até mesmo da depressão.

Pois é, a corrida tem sido uma grande aliada para mais 6 milhões de brasileiros em todos estes aspectos.

A corrida é uma das atividades físicas mais eficientes para o auxilio na perda de peso e por ser um exercício que envolve vários grupos musculares, os beneficio aparecem em todo o corpo.

Para chegar ao ponto de remodelar o corpo e melhorar a qualidade de vida é preciso manter uma constância.

O ideal é correr dia sim, dia não, entre 3 ou quatro vezes por semana.

Em relação a intensidade, cada um tem um ritimo e tudo depende do treino.

Para te ajudar a começar, segue tabela com sugestão de treino.

Vale ressaltar a importância de você procurar uma medico e fazer os exames necessários para avaliar sua condição física e cardíaca.




Bora correr?

Beijos e até a próxima!!!

segunda-feira, 20 de março de 2017

Inclua a abóbora na sua alimentação e nunca mais sabote a dieta!






Inclua a abóbora na sua alimentação e nunca mais sabote a dieta!


Você tem fome noturna? Sabota sua dieta quando chega em casa depois do trabalho? Aí, no dia seguinte, acorda com um remorso enorme e toda inchada? Bem-vinda ao clube!

Quase todas nós, mães, profissionais, donas de casa, esposas temos tantas coisas para fazer durante o dia que não lembramos nem temos muita fome e, por isso, conseguimos seguir a nossa dieta direitinho. Mas quando chegamos em casa, relaxamos e estamos reunidas com a família, o nosso cérebro grita na nossa cabeça a seguinte frase:

"Ei, to morrendo de fomeeeeeeee! Vamos comer? Vamos relaxar? Porque eu preciso ter um pouco de prazer também! Mereço desfrutar esse momento com a família e comer algo gostoso depois de um longo dia cheio de obrigações!"


Quase sempre nosso "cérebro" vence essa guerra e cedemos às tentações expostas na mesa de jantar. Eu costumo dizer que quem tem mente gorda não pode se expor a comidas gostosas, guloseimas, porque a mente vai vencer essa briga mais cedo ou mais tarde! É quase como um vício...

Voltei de férias e claro, com alguns quilinhos a mais! Mas aqui vai a #primeiradica pra você que acha que engordou nas férias mesmo malhando todos os dias (como eu) e segurando a boca ao máximo: OS QUILOS QUE SUPOSTAMENTE GANHAMOS NAS FÉRIAS QUASE SEMPRE SÃO APENAS RETENÇÃO DE LÍQUIDO! Retomando a rotina alimentar, você perceberá que em 2 ou 3 dias seu peso voltará ao normal.


Eu adoro malhar e sigo uma rotina alimentar bem controlada, mas quando chego em casa, é um verdadeiro martírio não ceder aos salgadinhos, doces, pães e ao que passar pelos meus olhos. Esse horário do dia é o pior pra mim, pios não ingiro carboidrato e acabo sentindo fome que, aliada à vontade de comer, pode colocar todo meu esforço ao longo do dia a perder. Já testei vários tipos de refeições como jantar e ceia na esperança de que elas suprissem a minha fome mental (quase sempre é muito mais vontade de comer do que fome mesmo) e, para minha surpresa, a abóbora foi a minha solução!



Então, antes de compartilhar com vocês como eu preparo a abóbora para que ela mate a minha fome e a vontade de comer ao mesmo tempo, vou listar 10 benefícios da abóbora ou jerimum, como é conhecido este fruto dependendo da região do Brasil. Existem muitos outros, mas na minha opinião, estes são os mais importantes:

1.Excelente fonte de vitaminas A, B, C, E e K, além de ter muito Minerais, Cálcio, Magnésio, Fósforo, Ferro e Zinco;
2. Tanto o fruto quanto as suas sementes auxiliam no controle das taxas de colesterol, reduzindo o colesterol ruim (LDL) e aumentando o bom (HDL);
3. Previne o câncer, pois é rica em carotenóides, que é um antioxidante que combate o metabolismo das células cancerígenas. Os principais tumores que este fruto previne são: mama, colo do útero, cólon, pulmão e pele;
4. Excelente para o coração, pois contém magnésio, que relaxa os vasos sanguíneos, reduzindo a pressão arterial e combatendo riscos de derrame e ataques cardíacos;
5. Combate doenças oculares como a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), a cegueira noturna e a catarata, pois contém antioxidantes como a zeaxantina, que protege a retina dos olhos de raios UV nocivos, os carotenóides e a luteína;
6. Combate a constipação;
7. Reduz o estresse;
8. O Zinco e o Magnésio presentes na abóbora fortalecem os ossos e dentes e evita a osteoporose;
9. Tem propriedades anti-inflamatórias que combatem a artrite;
10. Auxilia os diabéticos a reduzir a taxa de açúcar no sangue devido ao ômega-3 presente nas suas sementes.


Bom demais, né? Agora que você já sabe que vale muito a pena inserir a abóbora na sua alimentação e na da sua família, vamos à receitinha básica.


#segundadica: COMPRE A QUANTIDADE QUE VOCÊ QUISER DE ABÓBORA (INTEIRA OU PARTE DELA), POIS VOCÊ PODERÁ CONGELAR EM PORÇÕES MENORES E UTILIZÁ-LAS DE DIFERENTES FORMAS: CREME, PURÊ, CALDO OU SOPA.


PASSO #1: parta a abóbora em pedaços grandes e coloque-os para cozinhar em uma panela de pressão por aproximadamente 20 minutos. Depois disso, abra e veja se a abóbora está bem molinha, quase desfazendo. Se não estiver, volte para a panela de pressão e vá acompanhando até que ela atinja este ponto de cozimento.

#terceiradica: VOCÊ PODE COZINHAR COM A CASCA MESMO. DEPOIS DE COZIDA, FICA MAIS FÁCIL RETIRÁ-LA, MAS LEMBRE-SE QUE A CASCA CONTÉM BOA PARTE DOS NUTRIENTES DO FRUTO. Eu prefiro não dispensá-la, mas neste caso, o creme terá uma coloração mais esverdeada e não laranjada como estamos acostumadas a ver.

PASSO #2: ainda quente, coloque a abóbora (com ou sem a casca) em um liquidificador com o mínimo de água que puder. Apenas o necessário para que o aparelho consiga misturar a abóbora para que ela vire um creme.

#quartadica: A ABÓBORA DEVE VIRAR UM CREME, UM PURÊ E NÃO UM CALDO OU SOPA.


PASSO #3: separe o creme em porções menores para que possam ser congeladas. A porção que irá consumir pode ser temperada com os temperos de sua preferência. Eu gosto de refogar cebola com sal do himalaia e azeite. e depois misturo a cebola com o creme da abóbora, ainda na panela.


PASSO #4: a este creme eu misturo carne moída de patinho já preparada e temperada, ou frango desfiado, ou, ainda, 2 ovos mexidos. Mas você pode misturar também com qualquer outro tipo de carne desfiada que preferir. Como mantenho à risca minha dieta alimentar, não incluo carnes mais gordas.


PASSO #5: para terminar, acrescente pimenta-do-reino (se gostar), salsa, cebolinha e coentro. EU COMO ISSO ATÉ NÃO AGUENTAR MAIS! hahahaha Apenas respeito a quantidade de carne estipulada pelo meu nutricionista para a refeição noturna.

#quintadica: PARA INCREMENTAR, EXPERIMENTE COLOCAR COUVE DESFIADA E A TRANSFORME EM UM CALDO. Eu gosto mesmo é da abobora em creme, bem grosso, mas para dias mais frios, um caldo é sempre bem-vindo, né?


Você pode usar esse creme como acompanhamento de outros pratos ou para substituir o purê de batata nas refeições de sua família. Eu prefiro ingeri-la no jantar, pois fico super satisfeita e perco a vontade de comer outras coisas.



Espero que você tenha gostado das dicas e passe a consumir a abóbora. Além de saudável ela é super barata e é possível encontrar em qualquer feira ou mercadinho.


Boa sorte na sua dieta e que a fome noturna suma de vez da sua vida!


Um abraço e até o próximo artigo!



********************************************

Este artigo foi escrito pela colaboradora:

Lívia Pinheiro


Brasiliense, mãe de duas meninas, autora do blog #assuntonaofalta - O Blog que aborda o que todo pai e mãe estão afim de falar sobre pré-adolescência e adolescência!, administradora e, como toda mulher moderna, me desdobro para conseguir conciliar família, maternidade, trabalho, academia, blog e tudo mais que for surgindo no dia-a-dia.

Se você é pai, mãe ou convive e participa da educação de alguma criança, dá uma passadinha lá no blog www.assuntonaofalta.com.br. Ele foi criado para te ajudar com as minhas experiências, dificuldades, desafios, sucessos e descobertas durante a jornada de ser mãe, que já dura uns 23 anos! 
Te vejo por lá! Um abraço!